Rota das Montanhas em Domingos Martins (Parte 2)

Acompanhe mais um pouquinho da nossa viagem por Domingos Martins, passando pelo incrível agroturismo da região.

Compartilhe:

Chegou o momento de continuar a nossa rota pelas montanhas capixabas com uma visita ao Sítio dos Palmitos, incluindo uma parada para provar a gastronomia típica e recarregar as energias para o restante da viagem. Eles não possuem um restaurante próprio, mas preparam um cardápio que reúne os pratos típicos da região com o sabor do palmito durante as visitas agendadas. Logo, nossa dica é preparar seu passeio com antecedência para não perder uma deliciosa comida caseira.

Depois de forrar a barriga, é hora de descobrir vários segredos do palmito. No Sítio dos Palmitos você pode conhecer a plantação, acompanhar várias etapas da produção, participar da degustação dos produtos próprios e ainda aprender muitas curiosidades sobre esse alimento delicioso. Você sabia, por exemplo, que existem vários tipos de palmito com jeitos e gostos diferentes?

Aproveite o passeio, aprenda bastante e encerre a visita na lojinha do Sítio, onde o palmito é vendido de diversas formas. Pode ser puro, em conserva, em forma de antepasto, como ingrediente principal da massa caseira de macarrão, como substituto da carne no quibe e até com uma peça de decoração. É a hora de escolher a maneira que mais combina com você, levar um pedacinho das montanhas para casa e continuar a viagem.

A próxima parada pode ser o Apiário Florin, uma fazenda ligada à criação de abelhas e produção do mel. Uma ótima oportunidade de ser acolhido com um carinho gigantesco pelos donos do local, experimentar essa delicia e aprender muito sobre um dos principais produtos da região.

A parte mais legal é a visitação do apiário, onde os visitantes podem acompanhar a criação dos insetos, a retirada do mel e a produção dos diversos derivados, incluindo própolis, receitas medicinais e bebidas, principalmente o hidromel. Esta é uma das bebidas alcoólicas mais antigas do mundo, estando relacionada aos vikings e ao surgimento da expressão lua de mel. E pode acreditar que essa é só uma das curiosidades do local, que ainda incluem as propriedades especificas do mel e a influência das abelhas na produção de café mantida na região.

Depois disso, todo mundo pode visitar uma lojinha recheada de produtos diferentes e deliciosos. É sua chance de conhecer e adquirir o mel, o própolis preparados de diversas maneiras diferentes, receitas gourmet, cachaças e licores, xaropes e até cosméticos com diversas finalidades. Uma infinidade de produtos que são renovados de acordos com cada florada e podem ser utilizados em várias receitas feitas em casa.

A degustação é inesquecível, mas é legal deixar um espacinho no estômago para aproveitar as delícias de um jantar típico de Venda Nova do Imigrante. Então vamos pegar a estrada e continuar nosso passeio no próximo e mais delicioso texto!

Compartilhe:

Notícias relacionadas

  • Festa da Cultura Italiana em Marechal Floriano

  • Restauração na Estação Ferroviária de Marechal Floriano